Azealia Banks faz show curto em São Paulo, mas coloca público para dançar

Imagem Divulgação / Audio Club
Imagem Divulgação / Audio Club

Apesar do forte frio que cobria a cidade de São Paulo no fim de semana, centenas de fãs da norte-americana Azealia Banks marcaram presença na única apresentação da cantora no país, que aconteceu neste domingo, 12, na Audio Club, em São Paulo.

A rapper, famosa por grandes polêmicas na internet e não ter medo de cutucar nomes de peso da indústria fonográfica, desembarcou no Brasil após uma série de apresentações na Europa, e exatamente 1 mês após ter sido banida do twitter, por comentários racistas feitos a Zayn (ex-integrante do One Direction).

Com mais de 40 minutos de atraso, Azealia entrou no palco às 21h18, com um vestido curto preto e extremamente sorridente, para cantar “Idle Delilah“. “Boa noite, São Paulo”, disse a cantora em português, dando sequência ao show com “Gimme A Chance” e “Skylar Diggins“, em performances bastante breves.

Entre uma música e outra, da setlist baseada na mixtape “SLAYZ-Z“, lançada em março, Azealia se juntava aos bailarinos com passos inusitados, com referências country.

Mesmo com cortes nas músicas, a satisfação do público, principalmente dos que estavam na plateia VIP, era visível. As letras, dos raps mais complexos aos refrões mais conhecidos, estavam na ponta da língua. O clima era de festa. Uma grande festa em plena noite de domingo.

No meio da apresentação, Azealia preparou uma homenagem aos fãs brasileiros. Segurando uma enorme bandeira do Brasil, a cantora fez uma versão a capella do clássico “Chega de Saudade“, de Tom Jobim, mostrando o português arranhado, mas cheio de boas intenções.

O que muitos não esperavam, era que o show durasse tão pouco. Após cantar os principais hits, como “The Big Big Beat” e “212“, a rapper deixou o palco às 22h05. E apesar de alguns comentários de indignação, a grande maioria dos fãs deixaram o local satisfeitos e contentes com a apresentação.

COMPARTILHAR