Bruno Mars leva mega show dançante a SP e mostra que é um dos maiores artistas pop da atualidade

Florent Dechard / Divulgação

Após 5 anos desde a sua última apresentação por aqui, Bruno Mars voltou a São Paulo na noite desta quarta-feira, 22, para o primeiro dos dois shows da “24K Magic World Tour” agendados na cidade. Com ingressos esgotados, o norte-americano se apresentou para mais de 40 mil pessoas no estádio do Morumbi, Zona Sul da capital paulista, com um mega show explosivo e repleto de sucessos.

A performance, que sucedeu duas apresentações realizadas esta semana no Rio de Janeiro, fez com que até mesmo a garoa fina que caia sob o estádio passasse despercebido pela plateia presente, colocando todos para dançar ao som do astro pop.

Aquecimento com DNCE

Por volta das 20h, o público presente pôde se aquecer ao som do DNCE – banda que tem Joe Jonas como vocalista. O grupo, que iniciou as atividades em setembro de 2015, foi a escolha certa para abrir a noite.

Apesar do pouco tempo no cenário musical, o DNCE já conta com vários sucessos na boca do público, como “Kissing Strangers” e “Cake By The Ocean”. A sonoridade pop e radiofônica da banda, que também tem Jin Joo (guitarra), Jack Lawless (bateria) e Cole Whittle (baixo) em sua formação, resulta em uma apresentação divertida e dançante.

Além das faixas de seu álbum de estreia, lançado em 2016, o DNCE também apresentou alguns covers de clássicos da música pop, como “Wannabe”, das Spice Girls e “Oops! I Did It Again”, de Britney Spears.

O encerramento, minutos antes da atração principal, ficou por conta de “We Are The Champions”, com Joe Jonas erguendo uma bandeira do Brasil e agradecendo o carinho do público brasileiro.

Stop! Wait a minute

Com 18 minutos de atraso, Bruno Mars subiu ao palco às 21h48, sendo recebido por gritos ensurdecedores. A largada foi dada ao som de “Finesse”, seguida pelo sucesso “24k Magic” – ambas do álbum mais recente do cantor, que também dá nome à turnê. Vestindo uma camiseta vermelha dos The Hoolingans e bermuda preta, Bruno esbanja energia desde o primeiro momento em cena, com diversos passos coreografados junto à sua banda.

O hit “Treasure” vem em seguida, levantando ainda mais o público. No palco, fogos de artifícios são acionados entre um refrão e outro, criando um clima de festa total durante o show.

Florent Dechard / Divulgação

O repertório da turnê, apesar de curto, é bastante satisfatório e não se limita aos sons mais dançantes. O show também inclui as baladas R&B, como “That’s What I Like” e “Calling All My Lovelies” – onde o artista brinca com a plateia ao pegar um telefone dourado e adaptar trechos da música para o português, com a frase “Eu quero você gatinha”.

“When I Was Your Man” também esteve presente na setlist, com Mars passeando por notas agudas e dando a prova de que é um dos artistas pop mais completos da atualidade. Não é a toa que o cantor, há poucos dias, foi o grande vencedor do American Music Awards 2017, com 7 prêmios no total, incluindo o principal de “Artista do Ano”.

Os mais velhos que assistem à sua apresentação, podem, inclusive, encontrar semelhanças do artista – tanto no timbre da voz, como na presença de palco – com o astro Michael Jackson.

Com cerca de 1h30 de show, o cantor encerra a apresentação com um trio de sucessos de sua carreira. “Locked Out Of Heaven”, “Just The Way You Are” e o megahit “Uptown Funk” elevaram a empolgação dos fãs presentes e deixou todos com gostinho de quero mais!

Nesta quinta-feira, 23, Bruno Mars volta a se apresentar em São Paulo, com um show extra. Ainda há ingressos disponíveis para alguns setores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here