Em primeiro show no Brasil, Ariana Grande cativa público de São Paulo com o seu talento

Crédito MRossi / T4F
Crédito MRossi / T4F 

Ao olharmos de longe para Ariana Grande com o seu jeito delicado e orelhas de gatinho um tanto quanto infantil, fica fácil subestima-lá e pensar algo como: “é só mais um fruto da mídia para alienar a cabeça dos adolescentes”. A cantora, porém, carrega atrás da imagem frágil um talento de gente grande – e raro no mercado atual.

Com apenas 22 anos, Ariana possui um timbre vocal tão poderoso quanto Christina Aguilera ou Mariah Carey, que por sinal, tem forte influência na carreira da artista. E todo esse talento pôde ser visto de perto neste domingo, 25, durante a única apresentação da cantora no país, realizada no Allianz Parque, em São Paulo.

Na fila, a imagem básica de um show de qualquer astro teen. Crianças acompanhadas dos pais, adolescentes acampados há dias, uma infinidade de produtos e, claro, muitos gritos e lágrimas. O choro, aliás, era visto antes mesmo dos portões abrirem. O atraso de mais de uma hora, devido a problemas técnicos no palco, fez com que os mais ansiosos temessem o cancelamento do espetáculo.

Já do lado de dentro do estádio o clima era de festa, e ficou ainda mais animado quando Ariana Grande entrou no palco, por volta das 20h50, ao som do hit “Bang Bang” – gravado em parceria com Nicki Minaj e Jessie J. Nesses primeiros minutos a morena já mostrou o que viria ao longo da noite: muita dança e voz. O palco perdeu pontos se comparado aos dos shows feitos na América do Norte, mas a simplicidade, de certo modo, tornou a apresentação especial.

Sem a companhia dos bailarinos, Ariana cantou as baladas “Best Mistake” e “Be My Baby” e não poupou os agudos. Ao final, sentou-se na escada montada no centro do palco, e observou por alguns segundos a plateia de mais de 15 mil pessoas. “Obrigado”, agradeceu arriscando o português.

Um ponto interessante a ser levantado, é de que a cantora não possui banda. No palco estão apenas os bailarinos e um DJ, que durante as trocas de roupas de Ariana, entra em cena interagindo com a plateia, e até arrisca dançar street dance.

Em “One Last Time”, último single trabalhado mundialmente, a estrela teen apareceu com outro vestido preto e orelhas de coelho. No meio da faixa, um mix com “What Do You Mean”, de Justin Bieber, do qual Ariana mantém uma grande amizade. “My Everything”, que dá nome ao segundo álbum da cantora, também esteve presente no setist e marcou um dos momentos mais especiais da noite, com o estádio inteiro iluminado por luzes e celulares.

Entre os sucessos “Love Me Harder” e “Break Free”, a americana fez questão de agradecer o público novamente e se mostrou emocionada como carinho dos brasileiros. “Brasil, obrigado por estarem aqui. Eu amo vocês e espero poder voltar”, disse Ariana. Antes de encerrar a apresentação, Frankie, o irmão da cantora que também está no Brasil, subiu no palco com os dançarinos e, ao lado do DJ, deu início ao maior hit e – divisor de águas – da carreira da artista, “Problem”.

Esta foi a última apresentação da “The Honeymoon Tour”, primeira turnê mundial de Ariana, que teve início em fevereiro de 2015, em Independence, nos Estados Unidos, e passou por mais de 80 cidades ao redor do mundo.

Setlist Ariana Grande em São Paulo – The Honeymoon Tour

Bang Bang
Hands On Me
Best Mistake
Break Your Heart Right Back
Be My Baby
Right There
The Way
Pink Champagne
Tattoed Heart
One Last Time / What Do You Mean?
My Everything
Adore / Lovin’ It
Love Me Harder
Honeymoon Avenue
Break Free
Problem