Lady Gaga é processada em US$ 30,5 milhões por produtor


O empresário e compositor Rob Fusari entrou com um processo no valor de US$ 30,5 milhões contra a estrela pop Lady Gaga. Fusari já namorou a cantora e colaborou com algumas músicas do disco “The Fame”, mas afirma não ter recebido parte do dinheiro proveniente das músicas.

O produtor conheceu Lady Gaga em 2006 quando ela ainda se apresentava com o nome real, Stefani Germanotta. Fusari inclusive alega que o nome “Lady Gaga” e o estilo único de se vestir da cantora são sugestões dele.

Lady Gaga já disse em entrevistas no passado que seu estilo diferente já acompanha há muito tempo, informa a BBC Brasil:

“Eu era Gaga desde os 19 anos, no meu primeiro contrato de disco. […] Sempre me vesti assim antes de as pessoas me conhecerem como Lady Gaga. Sempre fui assim”, disse a cantora.

O relacionamento dos dois levou à criação a agência Team Love Child LLC, usada para alavancar a carreira de Gaga.

Fusari admite que recebeu cerca de US$ 611 mil pelos direitos autorais de algumas canções de Gaga, mas segundo seus cálculos este valor não representa o total real que deveria ser pago.

De acordo com o produtor, o contrato lhe garantia o pagamento de 20% dos royalties das músicas e 15% dos ganhos com merchandising, entre outros pagamentos. Ele também alega que foi um dos responsáveis por Lady Gaga ter conseguido um contrato com a Interscope Records, gravadora do disco “The Fame” que já vendeu mais de 8 milhões de cópias pelo mundo desde seu lançamento, em agosto de 2008.

Fonte: Terra

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here