Apesar de ter sido considerada uma banda de apenas um hit pelo canal norte-americano VH1, o A-Ha, que surgiu em 1985, com certeza chegou aos anos 2000 como uma banda de muitos sucessos e fãs no mundo inteiro e principalmente no Brasil. Agora, em 2010, Morten Harket, Paul Waaktaar-Savoy e Magne “Mags” Furuholmen, decidiram parar com os shows ao vivo e entre suas apresentações em todo mundo, sábado, 13 de março, foi a vez do Rio de Janeiro se despedir deles.

Mesmo a chuva forte de último minuto que caiu sobre a cidade não conseguiu desanimar o público, que lotou o Citibank Hall para assistir essa apresentação especial. Marcado para começar às 22h, as luzes se apagaram por volta de 22h15 enquanto o público ainda entrava e o vocalista Morten entrava com muita animação no palco, abrindo a noite com “The Bandstand”, canção do último albúm da banda, Foot of the Mountain, de 2009. A partir de então a banda fez um passeio por sua carreira esquentando o público com canções de seus dois últimos albuns, além da simpatia do vocalista Morten e do tecladista Mags.

“Summer Moved On” e “Move to Memphis” formaram a introdução perfeita para o desfile de sucessos que viriam a seguir. Afinal, o A-Ha pode ser considerada uma banda de um hit apenas nos EUA, com “Take on Me”, porém, no Brasil várias canções marcaram toda uma geração de amantes da música pop, como “The Blood That Moves the Body”, “Stay On These Roads” e “The Living Daylights”, canção tema do filme “007 Marcado Para Morrer” de 1987. Todas apresentadas no show e acompanhadas pelo público do Citibank Hall.

A alegre “You Are The One” ganhou uma versão de apenas violão e voz ao vivo, o que agradou muito, seguida de “Crying in the Rain”, que também começou acústica mas terminou com toda a banda tocando. Já passado mais da metade do show, Morten ameaçou algumas palavras em português, mas pediu desculpas por não conhecer melhor a língua, afirmando mais uma vez que era muito bom estar de volta ao Rio, mesmo que fosse para se despedir.

“Scoundrel Days”, “Manhattan Skyline”, “Ive Been Losing You” e “Cry Wolf” fizeram parte da segunda e última parte do show. Morten, Mags, Paul e banda se despediram, mas rapidamente voltaram para o bis com “Train of Tought”.

“Hunting High and Low”, “The Sun Always Shine on TV” e “Take on Me” encerraram o show, que mostrou que essa última música até pode ser o maior sucesso do A-Ha, desde o começo em 1984, mas que não apenas essa, como todas as canções apresentadas durante o show, representam muito bem 16 de carreira, encerrando o show em grande estilo e se despedindo do público do Rio de forma inesquecível e carinhosa. Carinho esse traduzido pela simpática frase deixada no telão: “Brasil Para Sempre. Obrigado Rio de Janeiro”.

Fonte: Almanaque Virtual