O novo vídeo de Lady Gaga, “Telephone”, foi muito bem recebido pelos fãs da cantora, mas a crítica conservadora ficou um tanto quanto chocada com as cenas fortes no clipe de quase 10 minutos.

A comentarista da Fox News, Sandy Rios, defendeu o banimento do clipe de Gaga da TV americana. Sandy também é presidente da organização conservadora cristã americana “Culture Campaign”.

“Você acha que já viu de tudo mas… espere, tem mais! Sempre tem mais. Desta vez a gente tem que especular se ela tem um órgão sexual masculino ou não, ou se ela o cortou fora… quero dizer, não existe fim pra isso! E tem, claro, o assassinato. Elas cometem um assassinato em massa no final e então Beyoncé e Lady Gaga são um casal lésbico? Isso é nojento!”, justifica Sandy Rios durante o programa “America Live”.