Com o falecimento de sua mãe no início de junho – devido a um aneurismo cerebral -, muito se especulou sobre o cancelamento da turnê mundial de Bruno Mars, a “Moonshine Jungle World Tour”, prevista para estreiar no mesmo mês.

Apesar de seu estado emocional totalmente abalado, o cantor decidiu seguir com a agenda de shows, porém, com a condição de que nenhum veículo de comunicação o entrevistasse ou fizesse a cobertura das apresentações. A notícia partiu de uma entrevista do organizador do Festival de Verão de Quebec – em que Bruno se apresenta hoje (8) – ao jornal canadense La Presse.

Ele concordou em fazer os shows, mas não falará com ninguém e nem será visto por ninguém, só no palco“, relatou o organizador.

A turnê que teve início no final de junho não teve vídeos ou imagens oficiais de divulgação publicados até o momento, nem mesmo por conta da produtora Live Nation, que é responsável pelo cantor. Todo material divulgado na internet até o momento foram feitos por fãs, durante as apresentações.