Foto por Marcelo Rossi / T4F Divulgação

Foto por Marcelo Rossi / T4F Divulgação

Se do lado de fora do estádio, na fila, os fãs do One Direction tiveram um dia agradável com sol e calor, dentro a temperatura foi diferente. De noite, frio e uma chuva fraca pairaram sobre as 64 mil pessoas presentes no Morumbi, em São Paulo, neste sábado (10). Mas era preciso muito mais do que isso para desanimar o maior público da carreira dos britânicos até o hoje.

Com apenas 20 minutos de atraso, Harry Styles, Zayn Malik, Louis Tomlinson, Niall Horan e Liam Payne deram inicio ao primeiro show da Where We Are Tour, na capital paulista, às 20h20, após abertura dos cariocas da P9. Para a alegria das fãs, a chuva que caia no local desapareceu exatamente no momento em que os garotos pisaram no palco. Título do último álbum da banda, a música “Midnight Memories” abriu a noite, acompanhada por gritos enlouquecidos da plateia.

Ao final da terceira música, “Kiss You”, Liam faz o primeiro contato com os fãs: “Esse é o maior público da história do One Direction. Obrigado por tanto amor”. No intervalo entre “Rock Me” e “Don’t Forget Where You Belong”, as declarações continuaram com Niall Horan, que, aliás, se mostrou bastante emocionado e não poupou simpatia durante todo o show. “Isso é absolutamente incrível. Amo os brasileiros”, declarou.

Um dos pontos altos da turnê do One Direction é a estrutura do palco. A extensa passarela, que atravessa a pista premium (frontal), permite que até mesmo os fãs mais distantes fiquem próximos dos integrantes em diversos momentos do show.

Os hits não pararam. “Live While We’re Young”, “Right Now” e “Through The Dark” também foram cantadas do começo ao fim pela plateia.

Antes da balada “Little Things”, os meninos estenderam uma enorme bandeira do Brasil no palco, entregue por uma fã um tanto sortuda. Ao verem o nome da garota, cada integrante a saudou em português.  Com todos os garotos sentados sob o palco, o momento mais intimista arrancou lágrimas das adolescentes e um “Eu te amo, São Paulo”, de Liam, correspondido obviamente, com mais gritos.

Foto por Marcelo Rossi / T4F Divulgação

Foto por Marcelo Rossi / T4F Divulgação

No show, os fãs não participam somente da plateia. Os admiradores podem enviar perguntas pela internet, e se selecionados, tem o seu vídeo transmitido no meio do espetáculo e respondido pelos meninos. A surpresa ficou por conta da aparição do jogador Pelé no telão, que mandou ver no inglês dando as boas vindas à banda . “Admiro vocês. Um dia iremos tocar juntos. Nada de bola, vamos tocar violão. Bem vindos ao Brasil”, disse o ex-astro da seleção brasileira.

Após o sucesso “Whats Makes You Beautiful”, todos se despediram, saindo do palco por alguns instantes. O retorno para o ‘bis’ aconteceu com o atual single do One Direction, “You & I” e Niall vestindo a camisa verde e amarela da seleção, seguida por “Story Of My Life”.  Harry aproveitou o momento para falar da tatuagem que fez com o nome do país, na coxa. “Nós amamos tanto o Brasil, que eu fiz até uma tatuagem”, disse apontando para a região. Para a tristeza das milhares de fanáticas, o cantor não repetiu a cena do Rio de Janeiro, em que abaixou a calça para mostra-la.

The Best Song Ever” encerrou o show de quase duas horas com mais chuva, agora de fogos de artifícios, que iluminaram o estádio. Aproveitando o clima de festa, Niall deu a sua última declaração: “Foi o melhor show do One Direction!”.

Hoje (11), a banda faz a sua última apresentação no Brasil com um show extra em São Paulo. Os ingressos ainda podem ser adquiridos na bilheteria do estádio do Morumbi, com exceção da pista premium.