O atraso no início do show do Guns N’ Roses em Porto Alegre aconteceu por problemas na saída dos equipamentos e da banda do Rio de Janeiro, segundo a produtora. Os músicos da banda devem chegar à capital gaúcha pouco depois das 0h.

Segundo a produtora, houve problemas na transferência dos equipamentos, pois os órgãos de Defesa Civil teriam dificultado o embarque devido ao mau tempo. Por isso, os equipamentos da banda chegaram apenas no final da tarde. Às 22h, a organização do show pediu desculpas aos fãs pelo atraso e alegou “problemas de logística”, sem dar maiores detalhes.

A banda do cantor Sebastian Bach, que faria a abertura, teria perdido todos os instrumentos, segundo a produção. O cantor, ao abrir o show da banda às 0h15, pediu desculpas pelo atraso e confirmou que a banda perdeu os equipamentos no Rio de Janeiro. Ainda não se sabe como o grupo conseguiu outros instrumentos.

A banda Rosa Tattoada, uma das que abre o show, começou a tocar às 23h30. O público só pôde entrar no estacionamento da FIERGS, local do show, cerca 3h30 após o previsto e a montagem do palco, que desabou parcialmente no Rio de Janeiro – onde o show foi cancelado -, só foi concluída depois das 23h30.

Os fãs manifestam indignação com o atraso, com gritos de “Vergonha” e protestos contra a organização. Alguns fãs viajaram desde o Rio de Janeiro para ver a banda em Porto Alegre, devido ao cancelamento do show que aconteceria no último final de semana.